[2013] Libre Para Amarte

Nascida da infeliz ideia de produzir uma novela para que a cantora Gloria Trevi protagonizasse, Libre Para Amarte resultou um estrondoso fracasso do horário de comédias, detentora do recorde negativo de audiência.

Na história, Aurora (Gloria Trevi) é uma valente taxista que trabalha no posto “Los Cocodrilos”, de propriedade de Don Zacarias (Jesus Ochoa), seu despótico chefe. Aurora tem um relacionamento antigo com Ramón (Eduardo Santamarina), um rico falido, preguiçoso e sem trabalho, que a ama, apesar de viver aventuras com outras mulheres pelas costas da noiva. Além disso, Aurora tem uma filha, que vive com ela, junto a seu pai doente, e para quem Aurora economiza cada centavo para pagar uma operação. Quando Ramón utiliza indevidamente este dinheiro, Aurora termina a relação, quase que ao mesmo tempo em que conhece Enrique (Gabriel Soto), filho de Don Zacarias, e que se apaixona por ela à primeira vista. Agora, Aurora se verá entre dois amores e inúmeras confusões a bordo de seu táxi.

LIBRE-01Libre Para Amarte resultou um grande equívoco. Inspirada no seriado Los Canarios (2011), produzida pela Caracol TV, a novela não tinha pés nem cabeça. Parte disso porque Los Canarios era um seriado – e não uma novela. Na narrativa, cinco taxistas viviam aventuras com passageiros de todo tipo (em especial, os malucos, para movimentar o enredo), mas sem um grande fio condutor. Tanto que, no seriado original, o protagonista é mais o dono do ponto de taxis. E entre os cinco taxistas principais, a protagonista seria mais a corresponde a Adela (Consuelo Duval em Libre Para Amarte). Assim que muita coisa foi inventada pelo próprio Emilio Larrosa, que trabalhou firme na adaptação, pegando a personagem Flor do original e transformando em Aurora – sua protagonista, tentando dar alguma consistência a trama, e incrementando as ligações entre os personagens. Mas muitos dos casos que começavam e acabavam no mesmo episódio do seriado, não funcionaram dentro da novela, ou se colocados, duravam mais do que o necessário, tornando o ritmo da novela confuso.

O produtor Emílio Larrosa voltava ao horário das 8 da noite com com uma obsessão: que Gloria Trevi aceitasse ser a protagonista de uma história. Não foi a primeira vez que um produtor teve esse empenho. Juan Osorio queria produzir uma novela baseada na vida dela, ao longo da época passada. O projeto ficou informalmente conhecido como “Trevinovela”.

LIBRE002A raiz desse interesse todo é que a cantora, muito famosa e bem-sucedida, se viu envolvida em um grande escândalo. No final dos anos 90, a ex-mulher do então empresário de Gloria Trevi acusou o ex e a cantora de explorar menores de idade, e o surgimento de uma adolescente grávida agravou as acusações. Sergio Andrade e Gloria Trevi foram considerados foragidos, até que foram presos no Brasil. Durante a estadia na prisão, Gloria Trevi chegou a engravidar, mas perdeu o bebê quase que depois do parto. Em 2004, por falta de provas, a cantora foi inocentada após quatro anos de reclusão. Uma novela e tanto!

Para convencer Gloria Trevi a aceitar a fazer a novela, Emilio Larrosa se viu obrigado a aceitar uma série de imposições quanto aos dias de gravação, e o mais insólito: a cantora queria restringir ao mínimo necessário as cenas de beijos com seus galãs Eduardo Santamarina e Gabriel Soto. Assim que Libre Para Amarte tinha mais um defeito: era uma novela sem beijos. E se a base de toda novela é uma história de amor, ficou difícil convencer que Aurora tivesse química com qualquer um dos dois. O motivo disso tudo era o ciúme do atual marido da cantora, que, segundo o próprio Gabriel Soto, acompanhava as gravações dos beijos de perto… Ao todo, não dá para contar 5 beijos de Gloria ao longo de TODA a novela.

LIBRE007A saída pra isso foi investir nas subtramas. Algumas eram até interessantes, sobretudo as que envolviam o personagem Ramón. Filho de Dona Amélia (Jacqueline Andere), uma esnobe falida que detestava Aurora, ele não tinha emprego fixo, e aceitava a oferta de Don Napoleón (Harry Gaithner), que buscava as obras de artes que pertenciam a Amélia e forjava planos sinistros para ir envolvendo Ramón em negócios pouco lícitos. Don Napoleón ainda viria a ficar obcecado por Aurora.

As rivais de Aurora também foram parte interessante da novela. De um lado, Miriam (Gabriela Carrillo), sua melhor “amiga”, que era loucamente apaixonada por Ramón e rendeu alguns dos poucos momentos divertidos da trama. De outro, a sofisticada Romina Sotomayor (Luz Elena González), noiva de Enrique, e desesperada para que o compromisso se firmasse. Romina e Miriam eram amigas, e ambas acabam amantes de Ramón.

E o par que conquistou alguma simpatia da audiência foi mesmo o formado por Don Zacarías, que apesar de rico, era torpe, bonachão e mal educado, mas de bons sentimentos. Ele estava apaixonado por Adela, outra das taxistas, e fazia de tudo para conquistá-la. Adela, por sua vez, era prima de Aurora, e estava decepcionada dos homens após Tavo (Ricardo Guerra), seu companheiro de anos, dar um golpe nela e arrastá-la para uma dívida gigantesca.

LIBRE006Com cerca de um mês de novela no ar, a audiência de Libre Para Amarte já era um desastre total. E o que mais pesava, sobretudo, é que já estava claro que o problema da novela – independente das críticas ao desempenho de Gloria Trevi como atriz – era a total falta de história. O problema não era agilidade, ou falta de acontecimentos (afinal, pra isso existiam as aventuras no táxi), mas sim, a falta de um fio condutor mais consistente pra se seguir diariamente. Diante disso, mudanças drásticas foram anunciadas, e a medida foi: aumentar o drama, as maldades, afim de levantar a audiência. Nesse interim, até fofocas davam conta de que Gloria Trevi deixaria a novela, o que não aconteceu.

Era nítido como, a cada semana, surgiam novidades na novela para suprir o imenso vazio dramatúrgico vigente. Ex: Don Napoleón passou a ter um mandante, que tinha como objetivo destruir Don Zacarías e tomar para si “Los Cocodrilos”. Também se revelava que Don Zacarías e o pai de Ramón (falecido) já tinham se conhecido no passado. Imediatamente, Don Virgílio (Luis Bayardo) – pai de Aurora – também tinha um segredo inconfessável! Ou ainda, o mistério a respeito de Blanquita (Miranda Cid), que Aurora jamais dizia quem era o pai. E não dá pra negar: por mais que a novela em si não tenha melhorado tanto assim, os mistérios deram uma dose a mais de interesse, apesar do resultado principal – fazer a audiência subir – não ter acontecido. Ficou evidente a mão de Emilio Larrosa nas cenas, diálogos e situações. A novela finalmente ganhou “a cara” do produtor.

LIBRE-05As maldades de Don Napoleon e de Romina foram intensificadas, mas na realidade, nunca foram vilões realmente interessantes. Ele cumpria a missão de ser um mafioso (uma figura habitual das novelas de Emilio Larrosa), e ela a noiva que inventava mil mentiras para reter o noivo que não a queria mais, mas apenas soava como chata. E Aurora, embora não perdeu o posto de protagonista, passou a ser mera expectadora dos acontecimentos. Ações geralmente protagonizadas por Ramon, que de fato, era a figura que movia a novela, e era disparadamente o mais carismático dos personagens. Era errado, sem noção, divertido, mas boa pessoa – lá no fundo.

Mas nem isso foi o suficiente. A audiência não reagiu e a medida foi de cortar a novela abruptamente. Prevista para durar até fevereiro, Libre Para Amarte terminou em novembro com apenas 106 capítulos (e o fatídico capítulo de domingo sim aconteceu). No mesmo período, corte semelhante sofreu a atração do horário nobre, La Tempestad, marcada também pelo fracasso.

A reta final da novela ainda revelou algumas surpresas: Blanquita não era filha de Aurora, e sim de Berenice (Anahí Fraser), sua irmã, que estava desaparecida e que anos atrás, havia entregado Blanquita aos cuidados de Aurora. Sobre isso, um erro fatal aconteceu: Ramon suspeitava que era o pai de Blanquita porque anos atrás, quando era professor de Aurora, tirou a virgindade dela. Mas, os créditos mostravam que esse flashback aconteceu em 1995! Se isso fosse certo, em 2013, Blanquita seria quase adulta!

LIBRE-06O pai de Ramon, Raymundo (Roberto Sen), revela estar vivo, mas completamente desfigurado pelo incêndio do passado. Ainda consumido pela vingança, tenta destruir Don Zacarías, tirando o ponto de táxi dele. Tudo isso, após um período aparecendo somente no escuro, para que não se visse quem era. Ao final, Raymundo se arrepende e devolve tudo a Don Zacarías. O último capítulo mostra a tentativa de Don Napoleón de sequestrar Aurora durante uma festa de Halloween – tradicional em qualquer novela de Emilio Larrosa, e geralmente, com um assassinato no meio, vide Amigas y Rivales (2001) e Dos Hogares (2011). Mas o plano é frustrado e Aurora, que leva um tiro no peito, é salva por uma medalha que levava (?!). No “eletrizante” final, Don Napoléon sequestra Enrique e Aurora durante uma viagem de helicóptero após a boda, mas termina na cadeia. A cena final mostra o casamento entre Don Zacarías e Adela, mostrando que de fato, foram um destaque dentro da trama.

O interessante do elenco de Libre Para Amarte foi a presença de habituais caras sempre presentes nas novelas do produtor fazendo papéis menores, como Rudy Casanova, Sergio DeFassio, Claudia Troyo, Carlos Miguel, Irina Areu, entre outros.

Já os protagonistas, nem precisa dizer: Gloria Trevi não era uma atriz. Se a tentativa era repetir o efeito de Yuri em Volver a Empezar (1994) ou Pedro Fernandez em Hasta que el Dinero nos Separe (2009), não deu certo. Gloria Trevi até tinha carisma, mas não se saiu bem nas cenas dramáticas e pior ainda nas de comédia, pois não tinha nenhum timing, não sabia se movimentar, enfim, um desastre. Chegava a ser constrangedor ver a tentativa dela em parecer divertida ou fazer rir (parte da direção e do próprio texto tem culpa também).

LIBRE-07Eduardo Santamarina, como já dito, foi o mais inspirado. O ator tem facilidade com comédia, e mesmo não estando em sua melhor forma, defendeu de maneira criativa seu personagem Ramon, tornando-o o porto seguro do elenco. O outro galã, Gabriel Soto, também não comprometeu, talvez pelo personagem mais plano. Falando em galãs, Emilio Larrosa lançou Lenny de la Rosa como novidade, mas o personagem foi secundário.

Jesus Ochoa, mesmo tendo em seu Don Zacarías uma repetição entre seus personagens de Para Volver a Amar (2010) e Por Ella Soy Eva (2012), saiu-se bem, compondo uma figura carismática. O mesmo não se pode dizer de Jacqueline Andere, cujo talento foi bastante desperdiçado numa novela que não trouxe nenhum benefício a sua trajetória. Ainda assim, pode-se dizer que houve alguns momentos espirituosos da atriz.

Luz Elena González esteve totalmente inadequada como a vilã. A atriz simplesmente não combina no papel de uma jovem fina e sofisticada. Harry Gaithner também foi exagerado como Don Napoleón. Assim que a vilã que se destacou foi Gabriela Carrillo, cujo personagem foi se tornando mais cômico no decorrer do caminho (ajudado pela trilha da personagem, “Bipolar”, canção de Gloria Trevi).

LIBRE004A novela contou com o aporte de muitos comediantes em seu casting, como Jorge Muñiz e Pierre Angelo, mas o maior destaque foi mesmo Consuelo Duval, a Adela, que nunca teve um personagem tão grande em novelas. Mas Consuelo é carismática e tornou Adela uma figura simpática diante do público.

Ainda merece destaque a constrangedora abertura da novela, em especial a primeira, que mostrava Gloria Trevi numa selva, dançando com pessoas fantasiadas de crocodilos, no meio de Eduardo Santamarina e Gabriel Soto (seminu) completamente perdidos e sem saber o que fazer. Num dos momentos mais vergonhosos, Gloria Trevi cruzava num cipó carregando seus galãs. O que poderia ter sido simpático, acabou sendo extremamente mal feito. O tema principal acabou sendo mudado pelo tema de encerramento “No Soy um Pajaro”, mas ainda não terminaram de acertar na abertura, que mudou diversas vezes.

Por mais que tenham existido esforços por parte do elenco e da própria Gloria Trevi, que foi incansável defensora do projeto, Libre Para Amarte não foi uma boa novela. O inegável é que houve inúmeras tentativas de salvá-la, mas nesse caso, a principal espinha dorsal não valia a pena. Um fracasso pra não se esquecer.

Confira um vídeo exclusivo com o elenco da novela! Inscreva-se no canal do YouTube!

21 comentários sobre “[2013] Libre Para Amarte

  1. João Vitor N. Mendes

    Pois é, foi uma novela bem vergonhosa, ruim com todo o sentido da palavra, ate as partes boas eram ofuscadas pela parte ruim. Na verdade, antes da estreia, eu esperava um sucesso, mas tirei isso da cabeça no primeiro capitulo, kkk. Quando a audiencia naufragou, pensei que o Larrosa iria fazer Aurora virar uma super cantora e a ultima cena seria um show dela no estadio Azteca, rsrs. Descordo que o Santamarina foi bem, me lembrou o Juan Querendon (credo!) o tempo todo, o Soto com aquele bronzeamento muito exagerado, aff! Sobre esta historia da Gloria, fiquei super chocado, não sabia de um pingo dessa historia, que mulher polemica ein 😮 ! Enfim, gosto do Larrosa, mas acho que com comedias ele não manda muito bem, porque alem de Libre, tambem tenho pavor de Hasta Que El Dinero Nos Separe, agora é esperar pra ver se “Amores Con Trampa” vai prestar…

  2. Lucas

    Estou chocado com a crítica, haha! Não esperava mais dessa novela. Lamentável!

  3. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    Sério que você não curtiu Hasta que el Dinero nos Separe? Eu adorei! Voltando a Libre Para Amarte, é o tipo de ideia que (antes da estreia) só tinha dois destinos: ou seria um grande sucesso ou o que foi. Não havia meio termo para uma ideia tão delirante como essa. Ao meu ver, o grande erro foi não haver uma história… Assim fica difícil manter um telespectador assíduo!

  4. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    É uma daquelas novelas onde tudo foi tentado… acredite!

  5. Gabriel silva

    Assim como em dos hogares a protagonista fica dividida entre dois amores

  6. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    A protagonista dividida entre vários amores é um tema recorrente não só nas novelas do Emilio Larrosa, mas em muitas outras. Agora, realmente, é difícil uma novela mexicana de comédia ser, de fato, engraçada. As vezes é porque o tipo de humor que eles propõe, não combina com público fora do México. Tem algumas que tem SITUAÇÕES engraçadas, como Por Ella Soy Eva, Hasta que el Dinero nos Separe ou Que Pobres Tan Ricos, ou PERSONAGENS engraçados, como do Raul Araiza em Un Gancho al Corazón. Mas 100% engraçada, não tem.

  7. Felipe Rodriguez

    Hahahaha, essa novela de fato foi um desastre total, fizeram de tudo para salva-la, mas não teve jeito, eu não entendo vários pontos dessa confusa e chata comédia das 20h, a começar pelo logotipo, que eu achei simplesmente muito tosco, e, não sabia de todos esses escândalos envolvendo a Glória Trevi, hahahaha, meus Deus 😮 Mas quanto a novela, é muito desastre em uma novela só, não tenho curiosidades nenhuma por ela, a sinopse também não me chamou a atenção, acho que essa foi a novela mais fracassada da Televisa de 2013 ao lado de “La Tempestad”, “Libre para Amarte” é uma novela que a Televisa gostaria de esquecer.

  8. Kleber

    Na verdade acho que em nenhuma né Thiago? Mesmo aqui no Brasil, se formos pensar em novelas ditas de comédia, dificilmente são bem aceitas pelo público internacional.

    Sobre Libre para amarte, eu jurava que ia fazer sucesso, tinha me empolgado com os promos, e até mesmo com a história dos taxistas, a novela até estreou bem mas foi caindo…

    Deu no que deu,uma novela esquecível.

    Glória Trevi deve continuar na música…

  9. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    Fica difícil escolher entre “Libre Para Amarte” e “La Tempestad”, qual fracassou mais? “La Tempestad”, por ser mais clássica, teve, ao menos, bem mais possibilidades de vendagens que “Libre Para Amarte”…

  10. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    Sim, pelo menos desistem de fazer novelas com ela. Fica difícil ainda mais quando a própria Gloria impôs condições ridículas pra fazer a novela: Não beijar demais. Se vocês recordam, quando a Ivete Sangalo fez “Gabriela”, na Globo, exigiu condições similares.

  11. Diogo

    uma novela que fica até difícil de defender…só eu acho que dar uma nvoela pra Gloria Trevi é o mesmo que dar uma novela pro Belo no Brasil?

    olha…penso, penso e concluo que realmente não teve quase nada bom nessa novela…

    lamento pelo emilio larrosa que eu gosto mto…aliás…deveria voltar a fazer originais!

  12. Kaique Martins

    sinceramente o produtor Emilio Larrosa temque parar imediatamente de produzir historias de comedias pois as novelas de comedia dele não são boas. Amores Con Trampa foi uma novela ate melhor que essa mais tambem fracassou na audiencia. quando o Emilio Larrosa produzia historias originais do Alejandro Pohlenz ele era um dos maiores produtores da Televisa junto com o Salvador Mejia. depois que o Emilio Larrosa perdeu o Alejandro Pohlenz pro Juan Osorio o Emilio Larrosa nunca mais voltou a ser o mesmo e as novelas dele só foram de mal a pior pois esses atuais escritores do Emilio não são bons como era o Alejandro, agora quem esta aproveitando bastante o Alejandro Pohlenz é o Juan Osorio tanto que graças ao Alejandro as novelas do Juan Osorio são as melhores da Televisa e tambem da bastante vontade de assistir. o mais curioso é que entre 2000 a 2007 os produtores Emilio Larrosa e Salvador Mejia Alejandre era um dos melhores da Televisa. hoje esses dois produtores são os dois piores da Televisa tanto que em 2013 ficava muito dificil saber qual novela era pior La Tempestad ou Libre Para Amarte. eu prefiro ver o Emilio produzindo historias originais dramaticas estilo Dos Hogares do que ver ele produzindo historias de comedias pois esse produtor ja mostrou que não é bom pra produzir comedias.

  13. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    Kaique, eu concordo com você, com o Pohlenz o Emilio teve seus melhores anos. Essa teimosia das comédias já deu o que tinha que dar. El Premio Mayor foi uma novela inovadora, e aí o Emilio teve muitos méritos. Hasta que el Dinero nos Separe foi bem porque a história original era muito boa. São duas novelas que, em breve, falarei aqui no blog. Já Libre Para Amarte nem história tinha. E Amnores con Trampo, fizeram uma novela INTEIRA baseada numa piada estilo Família Buscapé. Não rendeu.

    Eu também acho que o forte do Emilio são as novelas dramáticas. Como Dos Hogares não funcionou, eu pensaria que o Emilio poderia se reciclar no horário das 19h.

  14. Kaique Martins

    o Emilio Larrosa sempre foi o queridinho da Televisa pois é só uma novela dele fazer sucesso que a Televisa coloca ele no horario estelar. Hasta Que el Dinero nos Separe fez sucesso e rapidinho ele voltou pro horario Estelar. tenho certeza que se no lugar de Libre Para Amarte ele tivesse colocado uma novela de qualidade e tivesse feito sucesso rapidinho a Televisa colocaria ele no horario estelar. mais as novelas de comedia desse produtor não são boas e tomara que ele mude de ideia e resolva voltar pras dramaticas no horario das 19. os atuais escritores do Emilio ja mostrou que são melhor em historias dramaticas do que em comedias e tomara que ele pense e entenda que no horario das 20h a unica coisa que ele vai conseguir é FRACASSO. e se ele produzir uma historia dramatica no horario das 19h e essa novela fizer sucesso rapidinho o Emilio volta pro horario das 21h. pois ele é um dos queridinhos da Televisa junto com o Salvador Mejia que depois de ter produzido o grande fracasso La Tempestad continuou no horario das 21h e produziu outro fracasso. e não duvido nada que depois do remake de Lazos de Amor a Televisa rebaixe o Nicandro Diaz e deixe o Salvador Mejia continuar no horario estelar.

  15. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    E outra coisa que o Emilio deveria abandonar: os remakes! Ok, nem todas as novelas originais foram êxitos (Dos Hogares, por exemplo), mas o saldo dele com originais é muito melhor que com remakes… Com remakes, ele só deu certo com Hasta que el Dinero nos Separe e fracassou com La Verdad Oculta (que eu acho bacana), Muchachitas como Tu, Libre Para Amarte e Amores Con Trampa!

  16. Kaique Martins

    historias originais é a cara do Emilio Larrosa mais infelizmente ele fica com essa teimosia de produzir remake de comedia no horario das 20h. e pelo jeito ele parece que vai continuar produzindo remakes de comedia pois escutei uns boatos que ele quer fazer um remake da novela Gutierritos que provavelmente sera outro fracasso dele. tomara que ele volte com as dramaticas pois comedia mesmo que for original tenho certeza que vai fracassar pois nas duas ultimas novelas dele ja percebemos que ele é péssimo pra comedias.

  17. Raquel

    Beijos entre os protagonistas não foi o principal motivo do fracasso. Não é necessario ter beijos a toda hora para demostra um romance. Faltou quimica entre eles e a Gloria Trevi era totalmente inespressiva. Eu varios momentos ri das falhas dela. Não sabia demostrar ciume ou que estava apaixonada entre outros detalhes. E depois ainda me apare a prima, a noiva ou uma amiga comentando que os olhos dela brilhavam quando via Enrique.

    Teve situações engraçadas mas eram muito poucas para prender a atenção. Vi diversas partes onde poderia ser aproveitado para gerar situações engraçadas e não foram.

    O que tiro de conclusão disso é que o autor nem sabe contar uma boa piada. Não está em sua area de conforto e fica dificil não trans parecer isso na novela.

  18. Raquel

    Hasta que el Dinero nos Separe fez sucesso por ser um remake de mais uma novela de sucesso Hasta que la plata nos separe (Escrita por Fernando Gaitán o mesmo de Betty a fea)

    Trabalhar em cima de um sucesso praticamente pronto e bem construido ficou até mais facil. Acredito que por isso que a novela “Hasta que el Dinero nos Separe” teve sucesso e as outras comédias dele fracassaram.

  19. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    Gloria Trevi não é uma atriz, e ser uma protagonista é uma responsabilidade gigante… Por outro lado, Gloria Trevi é tão estrela que não houve nem a possibilidade de jogar o protagonismo da novela em cima de outro personagem pra tentar salvar alguma coisa.

  20. Thiago Fernandes Autor da Postagem

    Concordo que a história original já era boa o bastante, Raquel, mas nem sempre um remake de uma novela de sucesso é garantia de um êxito, vide Triunfo del Amor, Corazón Salvaje, Lo Imperdonable, enfim, tantas ruindades que tem sido feitas ultimamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *